BRASIL NOS TRILHOS

BRASIL NOS TRILHOS

 

O Brasil merece ter grandeza econômica compatível com sua grandeza geográfica. Somos um país continental que enfrenta problemas sérios, um dos quais a falta de competitividade em razão do alto custo da logística.

Acredito que os investimentos em ferrovias, feitos dentro de critérios modernos, como o que permite o direito de passagem — a múltiplas empresas de carga e passageiros — aumentariam nossa competitividade e beneficiariam a todos.

A infraestrutura e a logística é que trazem o desenvolvimento sustentável de qualquer país porque garantem competitividade.

Neste livro, “Ferrovia: Essencial”, José Manoel Ferreira Gonçalves, especialista em ferrovias e presidente da organização não-governamental Ferrofrente, mostra um quadro detalhado dos sistemas ferroviário e multimodal no Brasil e no mundo.

Entre outras informações relevantes, o autor assinala que o transporte ferroviário continua sendo um dos mais eficazes em termos de sustentabilidade ambiental, capacidade de transporte e segurança.

Sou defensora incondicional das ferrovias. O transporte ferroviário tem o potencial de redução do frete dos produtos agrícolas em 30%, se comparado ao rodoviário.

“Ferrovia: Essencial” é voltado tanto para educadores e estudantes, bem como para apreciadores, como eu, da temática de transportes.

Uma rede ferroviária ampla e interligada beneficiaria todo o processo produtivo e o escoamento das exportações brasileiras, conectando as zonas produtoras centrais aos principais portos.

No Brasil, cerca de 65% do transporte é feito por rodovias, e aproximadamente 15% por trilhos. Minha esperança é que livros bem feitos como este nos ajudem a mudar essa realidade.

Kátia Abreu (PDT-TO) é Senadora da República

Compartilhe

José Manoel Ferreira Gonçalves é graduado em: Engenharia Civil, Jornalismo e Direito. Além das graduações tem cinco especializações (latu sensu): Termofluidomecânica, Geoprocessamento, Engenharia Oceânica História da arte Ciências Políticas Fez ainda Mestrado e Doutorado (stricto sensu): Mestrado – Engenharia Mecânica, Doutorado – Engenharia de Produção e Pós-doutorado na área de logística. José Manoel atuou em áreas diversas, como engenharia civil, tendo sido diretor do SECOVI, jornalismo (com destaque para a rádio Jovem Pan), professor universitário e diretor de campi.

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This